Sabe o que está na mochila do seu filho?

Pais ignoram peso das bagagens escolares

13 abril 2003
  |  Partilhar:

Uma observação junto de escolas primárias ou secundárias, não deixa dúvidas. Muitas crianças parecem levar o peso do mundo às costas. Dentro das pesadas mochilas vão livros, cadernos e outros instrumentos escolares que sobrecarregam as costas dos pequenos aprendizes.
 

 

Mas o mais estranho, e é precisamente o resultado de um novo estudo, é que muitos pais não sabem o que contém a mochila dos seus filhos, e muito menos quanto pesa.
 

 

As pesadas mochilas que as crianças levam todos os dias na ida e volta da escola podem, segundo o estudo, aumentar o risco da criança cair e lesionar-se. De facto, mais de dez mil visitas anuais a clínicas médicas ou urgências hospitalares são de crianças em idade escolar e estão relacionadas com as mochilas, indicou a investigação.
 

 

Por isso, Bryian Lane, do Hospital Scott and White Memorial, em Temple, Texas aconselha todos os pais a verificar o que os filhos levam dentro da bagagem escolar e quando pesa. «É que, muitas crianças estão a carregar com coisas que, simplesmente, não precisam. E, se os pais gastassem um pouco do seu tempo a verificar a mochila iriam reduzir o peso que os seus filhos carregam», advertiu o médico.
 

 

O estudo analisou 188 estudantes desde o jardim de infância até ao quinto ano. E concluiu que, todos os dias, as crianças carregam cerca de 14 por cento do seu peso corporal às costas.
 

 

As mochilas tornam-se mais pesadas à medida que a criança cresce. Do material avaliado pelos investigadores, a mochila mais leve pesou menos de dos quilos e a mais pesada cerca de 13,5 quilos. Os pediatras aconselham que as mochilas não pesem mais de 10 a 20 por cento do peso corporal.
 

 

Em princípio, a solução mais sensata para aliviar as costas das crianças seria a opção por uma mochila com rodas, mas segundo Lane esta opção leva a que muitas crianças tragam ainda mais coisas para a escola. «E as crianças nem sempre usam as rodas para deslocar a mochila, também apresentam a tendência de colocá-las às costas».
 

 

Para o investigador, não existe nenhuma vantagem no uso deste método. Tudo porque, adiantou, o uso de mochilas com rodas tem provocado acidentes devido a tropeçamentos.
 

 

Além de avaliar o peso que os filhos levam na mochila, os pais devem verificar se está bem colocada, com as correias ajustadas para repartir o peso nas costas e nivelar os ombros.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.