Robôs podem ser os novos médicos...

...em cenário de guerra

11 abril 2005
  |  Partilhar:

 

 

O Pentágono atribuiu 12 milhões de dólares (9,25 milhões de euros) a um projecto que prevê o recurso a robôs para a execução de pequenas cirurgias em soldados feridos em situações de combate.
 

 

Segundo os autores do projecto, os robôs chegariam aos teatros de guerra em veículos não pilotados e poderiam tratar e evacuar os soldados mesmo sob fogo inimigo. «O principal desafio é como fazer chegar cuidados médicos de alta qualidade ao campo de batalha, o mais perto possível da acção e dos soldados», explicou John Bashkin, do SRI International, um laboratório com fins não lucrativos que faz investigação para o Departamento da Defesa.
 

 

Os investigadores do SRI dizem que os robôs serão manipulados por cirurgiões em tempo real, com tecnologia que impedirá quaisquer demoras entre as suas ordens e a sua execução, mas o projecto só estará pronto para passar à prática daqui a uma década.
 

 

As comunicações serão feitas sem fios e sem que o inimigo possa conhecer a posição dos «trauma pod», nome dos veículos em que estarão os robôs, que terão de actuar de forma ágil e destemida para poderem actuar sob fogo inimigo.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.