Risco de enfarte agudo do miocárdio aumentado após diagnóstico de artrite reumatóide

Estudo publicado no “Journal of Internal Medicine”

14 dezembro 2010
  |  Partilhar:

O risco de sofrer um enfarte agudo do miocárdio aumenta rapidamente após o diagnóstico prévio de artrite reumatóide, sugere um estudo publicado no “Journal of Internal Medicine”.

 

Para o estudo, os investigadores do Karolinska Institute, em Estocolmo, Suécia, acompanharam 7.469 pacientes diagnosticados com artrite reumatóide, entre 1995 e 2006, conjuntamente com 37.024 indivíduos saudáveis. O tempo máximo de acompanhamento foi de 12 anos e a média foi de quatro anos.

 

A artrite reumatóide, uma doença auto-imune, é caracterizada por inflamação das articulações que conduz à destruição progressiva e incapacidade funcional.

 

O estudo revelou que o risco de sofrer um enfarte agudo do miocárdio aumentava 60%, um a quatro anos após o diagnóstico de artrite reumatóide, permanecendo este risco constante entre os cinco e os 12 anos seguintes. Foi também verificado que este risco estava presente tanto nos pacientes com factor reumatóide positivo, um marcador imunológico encontrado em algumas situações crónicas ou agudas, como nos que tinham factor de risco negativo.

 

Os investigadores também constataram que o risco de ter qualquer doença isquémica do coração estava aumentado em 50%, entre um a quatro anos após o diagnóstico da doença auto-imune, permanecendo também inalterado nos cinco a 12 anos seguintes.

 

Em comunicado enviado à imprensa, a líder do estudo Marie Holmqvist, revela que este estudo“ chama à atenção para a importância de os médicos monitorizarem os pacientes com um diagnóstico de artrite reumatóide, dado existir um risco aumentado de terem problemas cardíacos, particularmente enfartes agudos do miocárdio. A investigadora acrescenta ainda que “também é muito clara a necessidade de prosseguir com mais estudos de forma a determinar os mecanismos que associam estas duas doenças.”

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.