Risco de doença cardíaca relacionado com número de partos

Estudo publicado no “American Heart Journal”

05 março 2010
  |  Partilhar:

Ter mais de dois filhos aumenta o risco de a mulher vir a sofrer um enfarte agudo do miocárdio ou um acidente vascular cerebral (AVC) na meia-idade, revela um estudo publicado no “American Heart Journal”.

 

Estudos prévios, a maioria de pequena escala, já tinham investigado a relação entre o número de partos e o risco de doença cardíaca, contudo, os resultados foram contraditórios.

 

Neste estudo, liderado por Erik Ingelsson, do Instituto Karolinska, em Estocolmo, Suécia, foi procurada a relação entre a quantidade de partos e o risco de cardiopatias em 1,3 milhões de mulheres suecas de 50 anos. Durante os 23 anos de acompanhamento (9,5 anos, em média), ocorreram 65 mil problemas cardíacos, como enfarte e AVC.

 

O risco mais baixo de doença cardíaca foi encontrado nas mulheres que tiveram 2 partos, sendo que as mulheres que deram à luz 3 vezes apresentaram um risco da doença 10% superior e as mulheres mães de 4 filhos tiveram um risco 30% superior. No caso de a mulher ter tido 5 ou mais partos, o risco de apresentar cardiopatias subiu para os 60%.

 

Para os cientistas, ter em conta as complicações da gravidez, tais como hipertensão e diabetes gestacional, e do parto não explica a relação entre o número de partos e o aparecimento da doença cardíaca e de AVC.

 

A gravidez altera o fluxo de sangue nos vasos sanguíneos, o que pode influir no risco de doença cardíaca. Segundo a equipa, o conhecimento dessas mudanças permitirá uma melhor compreensão do enfarte do miocárdio e do AVC na mulher.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.