Risco de diabetes baixa com maior consumo de magnésio

Estudo publicado na revista “Diabetes Care”

29 setembro 2010
  |  Partilhar:

Aumentar a ingestão de magnésio, através da alimentação ou de suplementos vitamínicos, pode ajudar a prevenir a diabetes, aponta um estudo publicado na revista “Diabetes Care”.

 

Num estudo da University of North Carolina em Chapel Hill, EUA, os investigadores, liderados por Ka He, verificaram que o consumo de magnésio reduziu para metade o risco de desenvolvimento de diabetes durante um período de 20 anos.

 

Estes resultados podem, em parte, explicar a razão pela qual o consumo de cereais integrais, ricos em magnésio, está também associado a uma redução na probabilidade de desenvolver diabetes. Segundo os investigadores, é possível que o magnésio diminua o risco da doença, dado que este mineral é necessário para o funcionamento adequado de diversas enzimas que ajudam o corpo a processar a glicose, melhorando, assim, a sensibilidade à insulina. No entanto, nunca houve um consenso entre os vários estudos que analisaram esta relação.

 

Para investigar esta ligação, os investigadores analisaram a ingestão de magnésio e o risco de diabetes em 4.497 homens e mulheres, com idades entre os 18 a 30 anos, sendo que nenhum deles era diabético no início do estudo. Durante os 20 anos de acompanhamento, 330 desses indivíduos desenvolveram diabetes.

 

Contudo, as pessoas que consumiram uma maior quantidade de magnésio, uma média de cerca de 200 miligramas por cada mil calorias consumidas, tiveram uma probabilidade 47% inferior de desenvolver diabetes, em comparação com os que consumiram uma menor quantidade, menos de 100 miligramas de magnésio por mil calorias.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 2Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.