Risco de contágio permanece até oito dias após o aparecimento dos sintomas de gripe A

Estudos apresentados em conferência mundial

20 setembro 2009
  |  Partilhar:

Algumas pessoas infectadas com gripe A (H1N1) podem transmitir a doença até oito dias após o aparecimento dos sintomas, revelam estudos apresentados nos EUA.

 

Dois estudos, um realizado no Canadá e outro em Singapura, concluíram que grande parte dos infectados pode transmitir a gripe A até oito dias após o aparecimento dos sintomas.

 

"Este estudo revela que o contágio não se dá apenas após 24 ou 48 horas, mas durante uma semana" depois do aparecimento dos sintomas, explicou Gaston De Serres, coordenador do estudo canadiano do Instituto Nacional de Saúde Pública do Quebec, durante a 49.ª Interscience Conference on Antimicrobial Agents and Chemotherapy, que se realizou esta semana em São Francisco (Califórnia).

 

No estudo canadiano, dos 43 pacientes infectados com o H1N1 e analisados pelos investigadores, entre 8 a 19% ainda tinham os vírus activos no sangue oito dias após o início dos sintomas.

 

O segundo estudo, liderado por David Lye, do hospital Tan Tock Seng de Singapura, chegou a conclusões semelhantes depois de ter analisado 70 pessoas com gripe A. O trabalho revelou que 80% dos pacientes ainda tinham o vírus activo cinco dias após o aparecimento dos sintomas, 40% após sete dias e, em 10% das pessoas, o vírus permaneceu activo até dez dias depois dos primeiros sintomas.

 

Nos casos dos pacientes que tomaram antivirais, o período de contágio foi três dias mais reduzido.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.