Resveratrol pode ajudar no tratamento de vários cancros

Estudo publicado no “Journal of Surgical Research”

16 outubro 2013
  |  Partilhar:

O resveratrol, um composto presente na casca de uva e vinho tinto, pode tornar determinados tipos de tumores mais suscetíveis à radiação, dá conta um estudo publicado no “Journal of Surgical Research”.
 

Os resultados obtidos neste estudo, realizado em células do melanoma, e levado a cabo pelos investigadores da Universidade de Missouri, nos EUA, vão ao encontro daqueles anteriormente obtido pelos investigadores, no que diz respeito ao cancro da próstata.  
 

O estudo apurou que as células do melanoma ficavam mais suscetíveis à radiação se fossem tratadas primeiro com resveratrol. Foi verificado que o tratamento do cancro com este composto conduzia à morte de cerca de 44% das células tumorais. Quando estas células foram tratadas com resveratrol e radiação, 65% das células tumorais morreram.
 

“Ao que parece, o resveratrol pode potencialmente ser muito importante no tratamento de vários cancros. Tudo se resume a como administrar o resveratrol. Se conseguirmos desenvolver uma forma de direcionar o composto para os locais do tumor, o resveratrol pode de facto ser utilizado no tratamento de vários tumores”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo Michael Nicholl.
 

“O melanoma é muito complicado devido à forma como as células viajam através do organismo, mas achamos que o resveratrol pode ser combinado com a radiação para tratar os tumores metastáticos sintomáticos, que se podem desenvolver no cérebro ou nos ossos”, acrescentou o investigador.
 

Os suplementos de resveratrol encontram-se disponíveis em muitos supermercados nas seções de alimentos saudáveis. Contudo, Michael Nicholl não recomenda os pacientes a dependerem apenas dos suplementos de resveratrol para o tratamento de cancro, pois é necessária mais investigação.
 

Caso os estudos adicionais apresentem resultados positivos, os investigadores vão pedir autorização para começar o desenvolvimento de um novo fármaco para ser testado em ensaios clínicos humanos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.