Ressonância magnética permite ver feto em movimento

Exame permite verificar possíveis anomalias

14 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

O progresso da ressonância magnética tornou possível observar um bebé em movimento antes de nascer, explorar os seus órgãos e até descobrir eventuais problemas na irrigação sanguínea da placenta.
 

 

Quem o afirmou foi Daniela Prayer, da Universidade de Viena, numa comunicação ao Congresso Europeu de Radiologia, reunido na capital austríaca para divulgar os resultados das mais recentes investigações nesta área.
 

 

A tomografia por ressonância magnética torna visível a cara, o pescoço e os órgãos do tórax e abdómen do bebé, bem como, se for caso disso, a placenta, o cordão umbilical, o líquido amniótico e a parede uterina. Com este procedimento é possível retratar os rins do feto para detectar qualquer anomalia ou disfunção, e inclusivamente a tiróide, e pode tornar visíveis a actividade do coração e o acto de deglutição.
 

 

Muitas transformações patológicas só podem ser detectadas através da ressonância magnética, salientou Catherine Garel, da Clínica Robert Debré de Paris, especializada no exame ao cérebro do feto. Além disso, assinalou, as imagens detalhadas permitem distinguir entre malformações de origem genética e anomalias cerebrais surgidas durante a gravidez.
 

 

As primeiras imagens de fetos por ressonância magnética foram obtidas nos princípios dos anos 80, mas era então necessário um exame de dez minutos para que as imagens fossem suficientemente claras. Como durante um tempo tão prolongado o feto naturalmente se mexia, usava-se curare para o imobilizar. Entretanto, foi possível reduzir a duração do exame de dez minutos para 20 segundos, não sendo já necessária a imobilização do feto, que pode ver-se em movimento no ventre materno.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.