Ressonância Magnética em doentes renais pode provocar Fibrose Sistémica Nefrogénica

FDA emite advertência

05 janeiro 2007
  |  Partilhar:

 

As autoridades de Saúde norte-americanas advertiram no final do mês passado que os doentes com problemas renais que se submetem a exames de Ressonância Magnética (RM) podem sofrer um problema de endurecimento da pele e debilidade muscular.
 

 

Em comunicado publicado no site, a FDA (Food and Drug Administration) referiu que o problema, Fibrose Sistémica Nefrogénica, foi detectado em pessoas com problemas renais graves que efectuaram aquele tipo de exames, no qual é utilizada uma substância de contraste denominada gadolínio.
 

 

Até agora a fibrose foi detectada em 90 doentes nos EUA e em 215 em todo o mundo, verificando-se em todos os casos a presença do gadolínio. A FDA acrescentou estar a analisar os casos para determinar a causa exacta da fibrose detectada nos doentes renais, mas não recomendou até agora que se deixem de efectuar RM nestes casos.
 

 

Fontes: Lusa e site da FDA
 

MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.