Ressaca é pior para as mulheres

Sexo feminino é mais facilmente intoxicado pelo álcool

07 outubro 2003
  |  Partilhar:

Se o dia de ressaca é pavoroso para todos, mais razões têm as mulheres para reclamar da má disposição depois de uma noite de copos. É que, de acordo com um novo estudo, realizado pela Universidade de Missouri-Columbia, dos EUA, as mulheres têm ressacas piores do que os homens.
 

 

Até mesmo tendo em consideração as diferenças entre as quantidades de álcool consumidas, diz o estudo que mesmo assim, as ressacas atingem as mulheres mais duramente do que os homens.
 

 

As pessoas que fizeram parte do estudo pertenciam a um grupo notório pelo consumo de álcool - 1.230 estudantes universitários que gostavam de beber - e, embora o teste tenha sido conduzido nos Estados Unidos, 95 por cento deles não tinham idade suficiente para consumir álcool legalmente.
 

 

Depois de beber excessivamente, foi pedido aos estudantes que dissessem o quão intensos eram 13 sintomas - incluindo vómito e fatiga. De acordo com esta nova escala para medir os graus de ressaca, os estudantes, em média, foram atingidos por cinco dos 13 sintomas.
 

 

Os sintoma relatado mais comum - entre uma lista que citava náusea, dor de cabeça e dificuldade de concentração - foi a desidratação. O sintoma menos frequente eram tremuras.
 

Em termos médicos, a desidratação é a responsável pela maior parte dos efeitos de beber em excesso.
 

 

As descobertas do estudo revelam o que já se adivinhava. Dado à sua própria biologia, as mulheres tendem a pesar menos e a ter percentagens menores de água no corpo do que os homens, por isso elas podem atingir níveis mais altos de intoxicação e, presumivelmente, mais ressaca por unidade alcoólica.
 

 

O álcool é diurético e acelera a perda de água, causando sintomas como boca seca, dores de cabeça e sensação de tontura que leva muitos dos que sofrem de ressaca a prometer nunca mais voltar a beber.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.