Resistência aos antibióticos e o perigo para a saúde mundial

Alerta da Organização Mundial da Saúde

18 novembro 2015
  |  Partilhar:
O aumento da resistência aos antibióticos representa “um imenso perigo para a saúde mundial”, alertou a diretora geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, na apresentação da primeira investigação sobre o tema.
 
De acordo com Margaret Chan, esta resistência, “atinge níveis perigosamente elevados em todas as partes do mundo”.
 
O estudo publicado em Genebra e ao qual a agência Lusa teve acesso revelou que todas as pessoas podem um dia ser afetados por uma infeção resistente a estes medicamentos.
 
Segundo a OMS, a resistência aos antibióticos ocorre quando as bactérias evoluem e se tornam resistentes aos antibióticos utilizados para tratar as infeções. Este flagelo mundial é sobretudo devido ao consumo excessivo de antibióticos e à sua má utilização.
 
Quase metade (44%) das pessoas que participaram no inquérito, que não pretende ser exaustivo e que foi realizado pela OMS nos 12 países, pensa que a resistência aos antibióticos é um problema das pessoas que abusam dos antibióticos.
 
Dois terços dos inquiridos julgam que não existe qualquer risco de resistência aos medicamentos nas pessoas que utilizem corretamente o tratamento antibiótico que lhes é prescrito.
 
“Na verdade, qualquer pessoa pode, a qualquer momento e em qualquer país, sofrer uma infeção resistente aos antibióticos”, sublinhou a OMS, que assinalou na passada segunda-feira a Semana Mundial para um bom uso dos antibióticos.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.