Regeneração óssea através de injecção

Investigadora portuguesa apresenta técnica que substitui cirurgia

05 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

 

A investigadora do Instituto de Engenharia Biomédica da Universidade do Porto Cristina Barrias desenvolveu um novo sistema de regeneração óssea que substitui a cirurgia por uma injecção de microesferas, anunciou a instituição.
 

 

Contactada pela Lusa, Cristina Barrias explicou que se trata de um material muito parecido com o osso humano, constituído por pequenas esferas de fosfato contendo cálcio e titânio. A sua função inicial é substituir a zona do osso em falta, estimulando as células de produção óssea até à regeneração total, processo que é acompanhado pelo progressivo desaparecimento das microesferas.
 

 

A investigadora referiu que só dentro de alguns meses terá os resultados dos testes em animais, pelo que ainda não sabe quando será possível usar esta injecção em humanos. Cristina Barrias referiu que este sistema de regeneração óssea terá aplicação quer em doentes com osteoporose quer em pessoas que sofreram rupturas de ossos em acidentes de viação ou de trabalho.
 

 

Esta investigação desenvolveu-se no âmbito da tese de doutoramento de Cristina Barrias e teve honras de capa no «Journal of Biomedical Materials Research».
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.