Reforma antecipada não significa mais anos de vida

Estudo publicado no British Medical Journal

18 novembro 2005
  |  Partilhar:

 

Ao contrário do que possa parecer, as reformas antecipadas não estão associadas a uma vida mais prolongada, segundo um estudo publicado no British Medical Journal.
 

 

Uma equipa de investigadores norte-americanos avaliou um conjunto de trabalhadores de uma companhia e concluiu que o risco de morte dos indivíduos que se retiravam aos 55 anos era quase o dobro quando comparados com os que trabalhavam por um período mais alargado.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar