Refeições em família são mais saudáveis

Estudo realizado pela Rutgers University

27 abril 2012
  |  Partilhar:

As refeições em família são mais saudáveis, sugere um estudo da Rutgers University. À medida que as crianças crescem, as refeições em família são cada vez mais infrequentes, o que para além de afetar negativamente o orçamento familiar, também está associado a escolhas alimentares menos saudáveis.

 

Na verdade há cada vez mais evidências científicas de que um menor número de refeições em família pode conduzir a um maior risco crescente de obesidade e pobre estado nutricional, especialmente para as crianças.

 

Para este estudo os investigadores da Rutgers University, nos EUA, reviram os resultados de 68 publicações científicas que associavam a saúde infantil com as refeições me família. Os investigadores analisaram especificamente como a frequência e o ambiente familiar das refeições em família estavam associadas com o consumo de alimentos mais saudáveis. Por outro lado, foi também avaliada a existência de evidências científicas que apoiassem a ideia de que as refeições familiares mais frequentes podem conduzir à diminuição da obesidade.

 

De acordo com esta revisão bibliográfica existem numerosos benefícios associados às refeições em família, nomeadamente o aumento do consumo de frutas, vegetais, fibras, alimentos ricos em cálcio e vitaminas. Foi também verificado que, quanto mais vezes a família tem refeições conjuntas menos as crianças consomem produtos prejudiciais para a saúde. Apesar de os investigadores terem apenas encontrado uma pequena associação entre as refeições em família e o risco de obesidade, as crianças que tinham frequentemente refeições em família, apresentavam um índice de massa corporal mais baixo do que aquelas que comiam mais vezes fora de casa.

 

Os investigadores também criaram uma imagem conceptual que resume todas as suas descobertas, e esperam testar a eficácia do gráfico, num futuro próximo, com os pais das crianças. Este tipo de imagem poderá ser um método útil, conciso e não tendencioso de demonstrar aos pais os benefícios das refeições em família, identificados na literatura científica, concluem os autores do estudo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.