Redução de temperatura corporal prolonga vida de ratinhos

Trabalho apresentado na “Science”

18 setembro 2007
  |  Partilhar:

 

Diminuir a temperatura corporal de ratinhos pode prolongar sua vida em 20%, no caso de fêmeas, e em 12%, no caso dos machos, segundo um estudo publicado recentemente na revista “Science”.
 

 

A pesquisa da The Scripps Research Institute (um dos maiores institutos de pesquisa no campo biomédico), na Califórnia, mostra ser possível aumentar a longevidade dos ratinhos com uma diminuição modesta, mas prolongada, da temperatura corporal. A temperatura corporal dos roedores estudados foi reduzida de 0,3 a 0,5 graus Celsius. “Este aumento da longevidade foi obtido independentemente da quantidade de calorias consumidas”, reforçou o líder de investigação, Bruno Conti.
 

 

Já se sabia que a temperatura corporal dos animais de sangue frio, como os répteis, e o envelhecimento estão relacionados. Também se sabia que a longevidade dos animais de sangue quente, como os mamíferos, pode ser alargada ao reduzir a quantidade de calorias consumidas, que também reduz a temperatura do corpo.
 

 

A pesquisa procurou determinar se a redução calórica era a origem do acréscimo de tempo de vida, com uma baixa da temperatura corporal como efeito secundário, ou se o efeito era a verdadeira causa do aumento da longevidade.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.