Rede de médicos sentinela estuda taxas de incidência de doenças em Portugal

Enfarte do Miocárdio, AVC e IGV em análise este ano

30 setembro 2007
  |  Partilhar:

Cerca de 150 médicos dos centros de saúde portugueses estão a contribuir voluntariamente para estudar este ano as taxas de incidência de problemas como o Enfarte do Miocárdio, os Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) e a Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG).
 

 

A rede de médicos sentinela, criada em 1989, tem-se dedicado a estimar taxas de incidência de algumas doenças e a identificar precocemente a ocorrência de eventuais surtos, como acontece anualmente com a Gripe sazonal.
 

 

Segundo Isabel Falcão, responsável pela rede, este ano os médicos estão a estudar a prescrição de antibacterianos, os AVCs, as consultas médicas ao domicílio, as consultas relacionadas com a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOP), bem como a IVG até às 10 semanas de gravidez.
 

 

Preenchida apenas por médicos que trabalham em centros de saúde, a rede de médicos sentinela vive da notificação voluntária dos profissionais de saúde em relação a situações de doença que interessem estudar.
 

 

A maior parte das doenças são estudadas durante pelo menos dois ou três anos consecutivos, mas há casos de patologias ou problemas em que o estudo é feito com um intervalo de tempo de vários anos para permitir comparações.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.