Realizado primeiro transplante de rosto completo

Cirurgia decorreu no hospital francês Henri Mondor de Créteil

12 julho 2010
  |  Partilhar:

Foi realizado, com sucesso, o primeiro transplante de rosto completo, numa intervenção liderada pelo professor Laurent Lantieri do hospital Henri Mondor de Créteil, nos arredores de Paris.

 

A cirurgia decorreu nos dias 26 e 27 de Junho, tendo durado cerca de doze horas. Trata-se do quinto transplante de rosto feito pela mesma equipa e a 13.ª operação deste tipo realizada no mundo.

 

O transplante de rosto completo consiste em extrair todo o rosto de uma pessoa falecida, incluindo a boca e as pálpebras, e transplantá-lo numa pessoa viva. Neste caso, o receptor foi um homem de 35 anos que sofria de uma doença genética que lhe deformava o rosto.

 

"Até o momento somos os primeiros a realizar um transplante de rosto completo, incluindo pálpebras e todo o sistema lacrimal", afirmou Lantieri, chefe do serviço de cirurgia plástica e reconstrutiva do Centro Hospitalar Universitário Henri Mondor, em declarações ao jornal francês “Le Parisien/Aujourd'hui en France”.

 

O cirurgião enfatizou que o transplante das pálpebras constituía um verdadeiro desafio técnico, já que se trata da parte do rosto mais difícil de implantar.

 

Este novo transplante completo de rosto acontece cinco anos após ter sido efectuado o primeiro transplante de rosto no mundo, também realizado em França por outra equipa de especialistas.
 

Em Abril de 2010, uma equipa espanhola também afirmou ter realizado o primeiro transplante total de rosto no Hospital Universitário Vall d'Hebron em Barcelona, mas que não incluiu o transplante de pálpebras.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.