Realizado primeiro transplante de rim entre cônjuges vivos em Portugal

Cirurgia decorreu no Hospital de Santa Cruz

14 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

O primeiro transplante de rim de dador vivo entre cônjuges realizou-se quarta-feira no Hospital de Santa Cruz, Carnaxide.
 

 

Trata-se da primeira intervenção do género em Portugal, uma vez que só desde Junho do ano passado é que a legislação contempla a possibilidade de serem doados órgãos entre marido e mulher.
 

 

Anteriormente, a dádiva de órgãos só era permitida quando entre dador e receptor houvesse uma relação de parentesco até ao terceiro grau.
 

 

Em declarações à Agência Lusa, o director do serviço de transplantes do Hospital de Santa Cruz, Domingos Machado, revelou que se trata de um casal com cerca de 40 anos, e que será o marido a doar o órgão.
 

 

O Hospital de Santa Cruz é um dos oito hospitais portugueses que estão autorizados a fazer a colheita em vida de órgãos para transplantes.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.