Reabsorção óssea implicada na diabetes

Estudo publicado na revista “Cell”

29 julho 2010
  |  Partilhar:

O processo de reabsorção óssea, implicado na formação de osso novo, também ajuda a manter os níveis saudáveis de glucose no sangue, aponta um estudo publicado na revista “Cell”.

A reabsorção é um processo que ocorre ao longo da vida e que não só permite a renovação dos ossos mas também actua na libertação de insulina na corrente sanguínea, melhorando a captação de glucose pelas células do corpo.

 

Investigadores da Columbia University Medical Center, nos EUA, liderados por Gerard Karsenty,descobriram que os ossos têm um papel na regulação da glucose no sangue, podendo, por isso, ser uma causa da diabetes.

 

Estudos anteriores já tinham constatado um primeiro indício de que os ossos poderiam ter um papel importante na regulação da glucose do sangue ao verificarem que uma hormona produzida pelos osteoblastos, a osteocalcina, estava associada à produção de insulina e podia melhorar a capacidade das células de absorverem a glucose.

 

Em estudos realizados com ratinhos foi observado que os roedores cujas células ósseas não respondiam à insulina apresentavam níveis elevados de açúcar no sangue e resistência à insulina, sintomas relacionados com baixos níveis de osteocalcina.

 

No estudo agora publicado, os investigadores descobriram que a osteocalcina não consegue funcionar até que seja iniciado o processo de reabsorção óssea. Segundo os cientistas, os resultados sugerem que, em algumas pessoas, a diabetes pode ser desenvolvida a partir das alterações ósseas e que fármacos destinados a estimular a libertação de insulina através desta via podem conduzir a melhores tratamentos para a diabetes tipo 2.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.