Ratinhos clonados a partir de células do folículo piloso

Estudo publicado na “PNAS”

15 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

Investigadores da Rockefeller University, Nova Iorque, EUA, descobriram um novo método de melhorar a técnica de Clonagem: usar núcleos de células do folículo piloso, que são abundantes e de fácil acesso e manipulação. O trabalho foi publicado na revista científica "PNAS". A equipa liderada por Elaine Fuchs e Peter Mombaerts usou uma população específica de células do folículo piloso de ratinhos. As células usadas pertencem a um tipo adulto de células-estaminais, dado que têm a capacidade de se diferenciarem em tipos de células diferentes podendo dar origem podendo dar origem tanto a pêlos quanto a epiderme e glândulas sebáceas. Ao injectar os núcleos dessas células em óvulos de ratinhos sem núcleo, produziram embriões, os quais foram colocados no útero de fêmeas. No fim do processo, obtiveram filhotes clonados, com um grau de eficácia de 5,4% - o mais alto já obtido na Clonagem da espécie. Como as células dos folículos pilosos são abundantes e de fácil acesso, os investigadores dizem acreditar que estas se tornarão a fonte-padrão de núcleos para os estudos de Clonagem. Além disso, esses núcleos são pequenos, o que facilita o trabalho de injectá-los nos óvulos. MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.