Rastreio universitário para despiste de HIV

Novo Coordenador da Luta Contra a Sida quer medida a partir de 2004

16 setembro 2003
  |  Partilhar:

A Comissão Nacional de Luta Contra a Sida (CNCS) prepara- se para fazer no início do próximo ano «um grande rastreio nacional no grupo do ensino superior universitário e politécnico», segundo o novo coordenador da Comissão.
 

 

Em entrevista ao jornal Público, António Meliço-Silvestre, que esta quarta-feira toma posse como coordenador da CNCS, diz que este rastreio, envolvendo entre três a cinco mil estudantes, vai permitir que se comece a ter uma ideia da situação da doença em Portugal.
 

 

«Se a incidência for muito elevada (entre os estudantes) poderá querer dizer que o problema da Sida se coloca antes desta idade, com o início das relações sexuais e com a toxicodependência. Se for reduzida, quer dizer que o contágio se dá mais tarde, talvez passando pela prostituição», adianta o novo coordenador.
 

 

O novo coordenador promete uma nova campanha de sensibilização durante o Euro2004 de forma a aproveitar a presença em Portugal dos ídolos dos jovens portugueses.
 

Portugal é o segundo país europeu, depois da Ucrânia, com maior número de pessoas infectadas com o VIH.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.