Rastreio de doenças orais arranca amanhã

Projecto Ambulatório de Saúde Oral e Pública vai percorrer o país

07 janeiro 2003
  |  Partilhar:

Um electrocardiógrafo, um medidor de tensão arterial, instrumentos de colheita de sangue e urina para análises ao colesterol, diabetes e hepatite C e vários apetrechos de medicina dentária. Tudo isto dentro de uma carrinha que começa, amanhã, a percorrer o Norte do país, para rastrear e tratar a saúde dos portugueses.
 

 

Nos próximos dois anos, profissionais de odontologia, enfermagem e análises clínicas, acompanhados por alunos finalistas dos cursos da faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa,vão atender gratuitamente cerca de 150 mil pessoas carenciadas, entre idosos, a residir em lares de terceira idade, e crianças com deficiências físicas e mentais de várias associações de solidariedade social.
 

 

Além de rastrear e tratar, o Projecto Ambulatório de Saúde Oral e Pública, promovido pela Fernando Pessoa, pretende ainda sensibilizar a população para a necessidade dos cuidados básicos com a saúde dentária, especialidade que, em Portugal, é abrangida única e simplesmente pelo sector privado.
 

 

Fonte: Jornal de Notícias
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.