Rapazes em perigo

Abandono, maus tratos e absentismo são situações mais vividas pelo sexo masculino

21 janeiro 2002
  |  Partilhar:

O abandono pela família, os maus tratos e o absentismo escolar atingem sobretudo rapazes com mais de sete anos, oriundos de famílias alcoólicas, que vivem nos grandes centros urbanos. Só em 2000 foram denunciados 4655 casos.
 

 

Por outro lado, os rapazes vivem mais situações de perigo do que as raparigas, a avaliar pelos registos de denúncias que foram feitas nos últimos anos às comissões de protecção de crianças e jovens.
 

 

A direcção do Instituto de Desenvolvimento Social, que tem a seu cargo a gestão do sistema de protecção de crianças e jovens em risco, avança com uma explicação: "Por questões culturais, os rapazes estão mais tempo sozinhos na rua, têm mais liberdade e estão mais entregues a si próprios", afirmou à Lusa Rosa Clemente, vogal do instituto.
 

 

As crianças e jovens do sexo feminino só ultrapassam as do masculino quando se trata de abuso sexual: no ano 2000, as comissões instauraram 57 processos por abuso a raparigas e 18 processos a rapazes.
 

 

Das denúncias recebidas pelas comissões, o abuso sexual é uma das problemáticas de menor peso. A negligência das famílias ou de quem tem a seu cargo as crianças e jovens aparece no topo dos casos acompanhados (977 casos), seguida do absentismo (600) e abandono escolar (655) e dos maus tratos físicos e psicológicos (405).
 

 

Um exame à situação de saúde dos responsáveis pelo agregado com quem vive a criança acompanhada pelas comissões revela que, em 2000, 376 dessas crianças provinham de famílias alcoólicas e 256 de toxicodependentes. Os agregados com doentes físicos atingiam 107 crianças e os com doentes mentais 113.
 

 

As crianças e jovens de Lisboa e Vale do Tejo representaram 40 por cento do total de denúncias, seguidas pelas das zonas norte (17,1 por cento) e centro (16,4 por cento).
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.