Raiva pode ser importada

Direção-Geral da Saúde recomenda medidas de profilaxia

19 março 2013
  |  Partilhar:

A Direção-Geral da Saúde (DGS) alertou para a possibilidade da raiva ser importada para Portugal, como aconteceu em 2011 e 2012 quando foram notificados dois óbitos. Desta forma é recomendada a adoção de medidas de profilaxia adequadas.
 

“A ocorrência destes dois casos, num curto espaço de tempo, veio evidenciar a possibilidade de importação de casos no contexto da mobilidade de pessoas oriundas de países onde a epizootia tem progredido nos últimos anos”, refere uma circular disponibilizada no site deste organismo do Ministério da Saúde, ao qual a agência Lusa teve acesso.
 

O documento, dirigido a “todos os médicos e enfermeiros do sistema de saúde (serviços públicos e privados)”, refere que “Portugal é um país livre de raiva animal e sem ocorrência de casos humanos autóctones desde 1952, tendo o certificado de eliminação sido emitido em 1960”.
 

Contudo, perante a “progressão da epizootia e do aumento da mobilidade de pessoas a nível mundial”, as autoridades consideram “pertinente” que Portugal mantenha o estatuto de país livre de raiva, tendo em conta “a possível importação de casos de áreas geográficas onde a raiva é uma enzootia e/ou epizootia, nomeadamente de países de língua oficial portuguesa”.
 

De acordo com a DGS, justifica-se “a avaliação sistemática da necessidade de profilaxia pré e/ou pós-exposição em pessoas eventualmente em risco ou expostos à infeção”. A vacina contra a raiva utiliza-se em duas situações: pré-exposição e pós-exposição.
 

A raiva humana é uma doença aguda, causada pelo vírus da raiva que pertence ao género Lyssavirus, da família Rhabdoviridae. É uma zoonose presente em mais de 100 países, que tem como reservatórios mais comuns o cão, o gato e o morcego.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.