Radioterapia e actividade física

O exercício físico melhora a vida sexual dos pacientes com cancro na próstata

20 julho 2005
  |  Partilhar:

Uma recente investigação da Universidade de Miami, nos Estados Unidos, publicado na revista “Uroloy”, concluiu que depois das sessões de radioterapia para o tratamento de cancros da próstata o exercício físico pode melhorar o rendimento sexual dos pacientes.O Dr. Jason Dahn, que dirigiu este estudo, avaliou 111 doentes que tinham sido tratados com sessões de radioterapia, na sequência de tumores na próstata detectados, e examinou as possíveis associações de cada terapia com os níveis de actividade física e a qualidade das relações sexuais depois da doença.Os benefícios do exercício físico foram especialmente notados entre aqueles homens que tinham sido tratados com radiações externas comparados com os que fizeram outro tipo de tratamentos.“O nível de actividade física contribui para explicar os diferentes níveis de recuperação”, afirma o Dr. Dahn, “e o exercício físico interage com o tipo de terapia utilizado de tal maneira que há que considerar os dois factores conjuntamente para apreciar totalmente o efeito da forma física na vida sexual destes pacientes”. Os efeitos secundários dos tratamentos deste tipo de cancros, principalmente cirurgia e radioterapia, constituem um dos principais debates na comunidade médica, devido ao crescente número de pacientes e à natureza da própria doença. Fonte: El Mundo

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.