Radioterapia antes de cirurgia ao cancro da mama reduz risco de metástases

Estudo publicado na revista “Breast Cancer Research”

19 julho 2017
  |  Partilhar:
A radioterapia neoadjuvante, ou seja, antes da cirurgia, em pacientes com cancro da mama em estado inicial reduz mais o risco de tumores secundários do que a radioterapia adjuvante, ou seja, pós-cirúrgica, indicou um novo estudo.
 
Conduzido por uma equipa de investigadores do Centro do Cancro Moffit, EUA, o estudo procurou identificar os benefícios de longa-duração oferecidos pelos dois tipos de procedimento radioterápico.
 
Para o estudo, os investigadores compararam a sobrevida geral e o período de tempo até ao diagnóstico de um segundo tumor, se aplicável. Para o efeito, contaram com a participação de 250.195 pacientes com cancro da mama que tinham sido submetidos a radioterapia neoadjuvante ou adjuvante.  
 
As pacientes integravam uma base de dados do Instituto Nacional do Cancro norte-americano, com informação sobre a incidência e sobrevivência à doença nos EUA, e tinham sido diagnosticadas com a doença em estado inicial entre 1973 e 2011.
 
2.554 participantes tinham recebido radioterapia neoadjuvante localizada à mama antes de serem submetidas a cirurgia. 247.641 das mulheres tinham recebido radioterapia adjuvante localizada à mama após a cirurgia.
 
A equipa descobriu que nas pacientes com cancro da mama que assinalavam o biomarcador dos recetores de estrogénio, a radioterapia neoadjuvante resultava num risco significativamente mais baixo de desenvolverem um segundo tumor em relação a pacientes que tinham recebido radioterapia adjuvante. Este resultado foi observado em casos de mastectomias parciais e totais. 
 
Foi apurado que o adiamento da cirurgia devido ao tratamento com radioterapia neoadjuvante não foi prejudicial à sobrevivência.
 
Outros estudos indicaram que a radioterapia poderá reeducar e estimular o sistema imunitário a atacar as células tumorais.  
 
Face aos resultados verificados, Heiko Enderling, que participou neste estudo, avançou que “os benefícios observados da radioterapia neoadjuvante estão alinhados com as crescentes publicações sobre os efeitos da radiação na ativação imunitária, incluindo a diminuição das metástases não tratadas fora do campo de radiação”. 
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.