Radiologistas desenvolvem novo método imagiológico para a asma

Estudo realizado pela University of Virginia

22 março 2010
  |  Partilhar:

Foi desenvolvido um novo método imagiológico para visualização dos pulmões de asmáticos, revela um estudo realizado na University of Virginia, EUA.

 

A asma é uma doença crónica que afecta as vias aéreas que conduzem o ar para dentro e para fora dos pulmões. Como resultado da inflamação destas vias, há uma redução ou obstrução do fluxo de ar nos tecidos do pulmão. Esta doença, que não tem cura e que atinge milhões de pessoas, é caracterizada pela dificuldade respiratória, tosse e sibilos.

 

Para este estudo, os investigadores utilizaram um novo método que combina a ressonância magnética com um gás que é visível dentro dos pulmões e que não é prejudicial, o hélio-3. Neste novo procedimento, os pacientes inalam o hélio-3 enquanto são submetidos a uma ressonância magnética, o que permite que os médicos visualizem as vias áreas que estão bloqueadas e os locais do pulmão que estão ventilados.

 

O líder da investigação, Eduard de Lange, explica que, nos indivíduos saudáveis, o gás consegue preencher e ser visualizado na totalidade dos pulmões. No entanto, nos pacientes que sofrem de asma, os átomos de hélio-3 não conseguem percorrer todas as vias aéreas do pulmão, as quais podem ser visualizadas na ressonância magnética como áreas a negro.

 

Segundo o investigador, espera-se que esta técnica imagiológica permita desenvolver novos meios de prevenção, tratamento e cura da asma.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.