Quer identificar um narcisista? Pergunte

Estudo publicado na revista “PLOS ONE”

22 agosto 2014
  |  Partilhar:

Um novo estudo publicado na revista “PLOS ONE” sugere que para detetar um narcisista basta perguntar-lhe.


Segundo investigadores da Ohio State University, EUA, os narcisistas não consideram esse traço da sua personalidade como um defeito e admitem-no sem problemas.


Para o estudo, os investigadores contaram com a participação de 2.200 indivíduos de todas as idades, os quais foram submetidos a uma série de experimentações.


Ao analisarem os dados recolhidos os investigadores consideraram que a resposta à pergunta “Até que ponto concorda com a seguinte afirmação: eu sou um(a) narcisista” (narcisistas como sinónimo de egocêntrico, vaidoso e focado em si próprio), pode contribuir para a identificação de pessoas narcisistas.


As possíveis respostas à pergunta mencionada variavam entre 1 (“não se aplica muito a mim”) e 7 (“aplica-se muito a mim”). A equipa descobriu que as respostas fornecidas estavam muito próximas de muitas medidas para o narcisismo validadas, incluindo o Inventário de Personalidade Narcisística. O teste de uma pergunta, denominado “Single Item Narcissism Scale”, é considerado eficiente pelos autores.


“As pessoas que que estão dispostas a admitir que são mais narcisistas do que as outras são-no, provavelmente. As pessoas que são narcisistas têm quase orgulho nesse facto. Pode-se-lhes perguntar diretamente porque não veem o narcisismo como sendo uma qualidade negativa – acreditam que são superiores aos outros e sentem-se bem em dizê-lo em público”, assegura Brad Bushman, coautor do estudo e docente de comunicação e psicologia naquela universidade.


Segundo os investigadores, conhecer melhor o narcisismo tem muitas implicações para a sociedade. Os narcisistas não têm muita empatia pelos outros, o que é um aspeto chave para o comportamento caritativo.


“O narcisismo é, de uma forma geral, um problema para as pessoas em particular e para a sociedade”, comenta o coautor do estudo. “Aqueles que acham que já são excelentes não tentam melhorar. E o narcisismo é mau para a sociedade porque as pessoas que só pensam nelas próprias e nos seus próprios interesses ajudam menos os outros”.


Os autores concluem que embora este teste seja útil em determinadas situações, não deverá substituir avaliações mais extensivas sobre o narcisismo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.