Quem fuma ou é obeso envelhece precocemente

Cromossomas tornam-se mais curtos

14 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

A obesidade e o tabaco aceleram o envelhecimento humano, sugerem as conclusões de um estudo científico divulgado na revista Lancet. As pessoas que sofrem de excesso de peso ou que fumam cigarros tornam-se biologicamente mais velhas que as não obesas e não fumadoras, disse Tim Spector, do Hospital de St. Thomas, em Londres.
 

 

Os autores chegam à conclusão que as pessoas que sofrem de excesso de peso ou fumam cigarros têm telómeros mais curtos, que são as extremidades dos cromossomas que os protegem do seu desgaste. À medida que os telómeros se tornam mais pequenos, os cromossomas tornam-se mais instáveis e desenvolvem o risco de mutação.
 

 

A obesidade e os cigarros têm o efeito de acelerar o risco de perda destes telómeros, que os investigadores acreditam serem o que determina a aceleração do envelhecimento, o que explica o facto de estas pessoas desenvolverem mais facilmente ataques cardíacos, diabetes, osteoartrite e outras doenças associadas à idade.
 

 

Fonte: Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.