Quatro genéricos em falta nas farmácias

Dados do INFARMED

03 novembro 2008
  |  Partilhar:

Um mês depois da redução dos preços dos genéricos, os farmacêuticos lamentam que ainda haja falhas no abastecimento. O INFARMED garante que apenas faltam quatro fármacos.
 

 

Segundo dados do INFARMED - Autoridade do Medicamento e Produtos de Saúde, num universo de 3.260 medicamentos genéricos apenas em seis casos foi comunicada a existência de problemas na sequência da redução em 30% dos preços.
 

 

“Todos esses medicamentos têm alternativas no mercado”, salientou fonte do INFARMED à agência Lusa, adiantando que em dois casos o “stock” já foi reposto.
 

 

Relativamente aos outros quatro, três serão repostos até ao final do ano (Omeprazol Teva, Lisinopril Actavis, Gabapentina Teva) e apenas um não tem data prevista para voltar a estar disponível (Amlodipina Freccia).
 

 

A Ordem dos Farmacêuticos diz desconhecer o número de genéricos que ainda não têm a sua situação regularizada, mas sublinha que “continua a haver muitos doentes que não têm o seu medicamento habitual”.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.