Quatro em cada dez enfermeiros desempregados

Estudo da Ordem dos Enfermeiros

16 setembro 2007
  |  Partilhar:

 

Quase quatro em cada dez enfermeiros não tinham declarado início de actividade em Julho de 2006, mais 14 pontos percentuais do que um ano antes, situação que a Ordem atribui a desemprego, profissionais a trabalhar em outras áreas ou falta de comunicação.
 

 

Estes dados, que fazem parte de um estudo que a Ordem dos Enfermeiros está a desenvolver, foram apresentados na semana passada pela bastonária, Maria Augusta Sousa, na cerimónia de vinculação à profissão dos jovens que terminaram a licenciatura em Enfermagem no ano lectivo de 2006-2007.
 

 

Nesta cerimónia, a OE apresentou dados relativos às necessidades de cuidados de enfermagem e ao número de enfermeiros em falta em hospitais e centros de saúde. Segundo a Ordem em Julho de 2005, 24% dos enfermeiros a nível nacional não tinham declarado início da sua actividade, enquanto um ano depois esse valor era de 38%.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.