Quase tantos doentes em lista de espera no último ano como os reunidos em seis
09 novembro 2003
  |  Partilhar:

A nova lista de espera para cirurgia, criada no último ano, conta com quase tantos doentes como os que aguardaram por uma operação durante seis anos e que o ministro promete operar até Fevereiro de 2004.O balanço consta do balanço da actividade do primeiro ano de execução do Programa Especial de Combate às Listas de Espera Cirúrgicas (PECLEC), que o Ministério da Saúde divulga quinta- feira em vários jornais nacionais, através de publicidade paga.Segundo o documento, das 123.126 pessoas que se encontravam em lista de espera até 30 de Junho de 2002, já foram operadas 71.468 e a totalidade deverá sofrer intervenções cirúrgicas até Fevereiro de 2004.No entanto, desde que o Ministério da Saúde anunciou a existência desta lista, foi criada uma outra que, entre Julho de 2002 e Setembro de 2003, reuniu perto de 100 mil pessoas, o equivalente a 80% da anterior.O governo garante que o aumento desta nova lista se deveu, em parte, a um aumento das consultas realizadas nos hospitais e que estes doentes serão operados dentro do tempo «clinicamente aceitável» para cada patologia, o qual está a ser definido pela Direcção-Geral da Saúde, não ultrapassando os seis meses de espera.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.