Quarto ruidoso pode afetar a fertilidade masculina

Estudo publicado na “Environmental Pollution”

12 julho 2017
  |  Partilhar:
Um novo estudo indicou que os homens que dormiam em quartos com ruído superior ao de um ambiente suburbano apresentavam índices de infertilidade superiores aos de homens que dormiam em quartos menos ruidosos.
 
Para o estudo, uma equipa de investigadores da Universidade Nacional de Seoul, Coreia do Sul, analisou dados de 206.492 homens com idades compreendidas entre os 20 e os 59 anos e que abrangiam um período de oito anos. 
 
Os níveis de exposição ao ruído foram calculados segundo o código postal da residência dos participantes, bem como a partir de informação de um sistema de informação de ruído nacional.
 
Durante os oito anos do período coberto pelo estudo, 3.293 dos homens receberam um diagnóstico de infertilidade. 
 
Após serem efetuados ajustes de fatores como idade, índice de massa corporal (IMC), hábito de fumar e outros, foi verificado que os homens apresentavam uma probabilidade 14% maior de serem diagnosticados com infertilidade se estivessem expostos a ruído noturno acima dos 55 decibéis. 55 decibéis correspondem ao ruído de um ambiente suburbano ou de um ar condicionado. 
 
Um estudo anterior sobre a fertilidade feminina tinha estabelecido uma ligação entre a exposição ao ruído e problemas relacionados com o nascimento, como prematuridade, aborto espontâneo e malformações congénitas.
 
“A poluição ambiental é um dos maiores problemas que o mundo encara nos dias de hoje; a minha preocupação é especialmente o que Theo Colborn descreveu na sua obra “Our Stolen Future” [O Nosso Futuro Roubado]: que o rápido declínio na contagem de esperma no século XX devia-se à poluição ambiental”, comentou Jin-Young Min, um dos autores do estudo.
 
A concentração, movimentação e formato dos espermatozoides são fatores que contribuem para a infertilidade masculina. Segundo o sítio da Associação Portuguesa de Infertilidade, a prevalência da infertilidade conjugal em Portugal é de 15-20% na população em idade reprodutiva.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.