Quanto mais me bates...

Repreender uma pessoa activa região do cérebro associada ao prazer

29 agosto 2004
  |  Partilhar:

A repreensão de uma pessoa que transgride as regras sociais activa uma região do cérebro associada ao prazer, mesmo que não lhe esteja associado qualquer benefício, indica um estudo publicado na semana passada na revista norte- americana Science.Ao observar imagens obtidas por ressonância magnética, os cientistas observaram que o cérebro humano experimenta uma sensação de prazer ao corrigir uma pessoa.Os trabalhos foram conduzidos por Dominique de Quervain, que chefiou uma equipa da Universidade de Zurique que estudou a actividade cerebral de um conjunto de homens que fazia parte de um jogo onde era trocado dinheiro.Quando um jogador optava por uma solução egoísta em vez de fazer uma escolha que favorecesse também o seu parceiro, este último podia penalizá-lo. A maioria dos participantes optou por penalizar o jogador egoísta, mesmo quando isso representava ter de perder um pouco do seu próprio dinheiro.Os investigadores determinaram que a decisão de infligir uma penalização activava uma região do cérebro, o striatum dorsal, que desempenha um papel chave no sentimento de prazer e satisfação.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.