Qualidade dos preservativos melhorou

DECO apresenta resultados de testes

31 outubro 2002
  |  Partilhar:

A qualidade dos 21 modelos de preservativos presentes no mercado português testados pela revista Teste Saúde, da DECO, melhorou nos últimos oito anos, de acordo com a edição de Novembro da revista.
 

 

A grande maioria dos preservativos testados é de «boa qualidade», indica a DECO. Estes resultados contrastam com um estudo idêntico realizado em 1994, quando foram detectadas falhas graves num terço dos preservativos avaliados.
 

 

O estudo encontrou um valor máximo de um furo em 315 exemplares, bastante melhor que os três furos por 200 exemplares encontrados em algumas marcas testadas há oito anos.
 

 

O estudo conclui ainda que a designação «forte» ou «extra forte» induz os consumidores em erro, uma vez que alguns destes modelos não suportaram uma força de tracção superior à dos modelos «normais». A DECO sublinha que os modelos «forte» e «extra forte» chegam a custar seis vezes mais do que os preservativos «normais».
 

 

Fonte: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.