Qualidade da sesta diminui com a idade

Estudo publicado na revista “Sleep”

14 dezembro 2007
  |  Partilhar:

 

Um estudo francês do Instituto do Sono do Hospital de Pelegrin concluiu que a sesta só é eficaz nos jovens.
 

 

A investigação publicada na revista “Sleep” resultou de uma análise comparativa de provas de condução feitas a dois grupos com idades distintas: 12 pessoas na casa dos 20 anos e mais 12 com idades compreendidas entre os 40 e 50 anos.
 

Os voluntários começaram por percorrer 200 quilómetros em plena tarde, para que fossem testadas as suas capacidades ao volante.
 

 

Foram depois submetidos à mesma prova de madrugada, durante 30 minutos, após terem sido postas em prática três estratégias para não adormecerem ao volante: uma sesta de 30 minutos, um café ou, como forma de comparação, café descafeinado, sendo que na noite anterior os voluntários tinham dormido uma média de sete horas.
 

 

Durante o teste de condução, os investigadores verificaram que, enquanto a sesta reduziu o risco de passar sobre as marcas da estrada em 66% dos mais jovens, o mesmo se passou com apenas 23% dos voluntários mais velhos.
 

 

Segundo os cientistas, estas conclusões sustentam que a qualidade da sesta diminui com a idade. «Os participantes mais jovens dormiram durante mais tempo e mais profundamente que os outros, logo podem ter beneficiado das funções melhor restabelecidas», explicaram os investigadores.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.