Pulmão trabalha melhor no final da tarde

Saiba qual é o melhor horário para tomar medicamentos

13 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

O fim da tarde é a melhor altura para se praticar exercício físico. Tudo porque a função pulmonar sobe e desce num ciclo de 24 horas, e, segundo os cientistas, atinge o pico nessa altura.
 

 

A maior parte das pessoas tem a sua actividade pulmonar aumentada no final da tarde, altura em que será aconselhável a prática de desporto ou a toma de medicamentos para problemas respiratórios.
 

 

Muitos processos do corpo humano são determinados por ritmos cíclicos que duram 24 horas. O novo estudo, feito por investigadores do Long Island Jewish Medical Center, concentrou-se apenas no período entre as 8:00 e 17:00 horas, e sugere que a função do pulmão é regida pelo mesmo padrão.
 

Uma análise realizada durante cinco anos em 4.835 pacientes revelou que o horário com menor função pulmonar situa-se por volta do meio-dia, aumentando durante a tarde até atingir seu pico entre as 16:00 e as 17:00 horas.
 

 

«Os ritmos cíclicos regulam os nossos ciclos biológicos para o sono, nível de actividade, metabolismo e muitos outros processos por meio da exposição do nosso corpo à luz do dia e à escuridão», explicou o cientista Boris Medarov.
 

 

Neste estudo, os investigadores descobriram que a função pulmonar tem o seu ritmo próprio, que pode determinar a quantidade de energia que gastamos ao longo do dia e a melhor hora para exercer certas actividades. «Normalmente associamos o final do dia de trabalho com o cansaço e a pouca motivação para o exercício físico; no entanto, a função pulmonar parece estar na sua melhor forma nesse período.»
 

 

Como resultado disso, o exercício físico feito no fim da tarde poderá ser bastante mais produtivo.
 

 

Os ritmos cíclicos da função pulmonar também podem ter implicações na administração de fármacos de combate à asma e no horário de procedimentos médicos. «Muitos pacientes com asma e doenças crónicas de obstrução pulmonar administram broncodilatadores de dia e à noite, quando geralmente precisam de menos tratamentos e um regime diferente, que inclui administração do remédio ao meio-dia, quando a função pulmonar deles está no patamar mais baixo.»
 

 

E acrescenta: «Também é melhor desentubar pacientes no final da tarde, quando as suas funções pulmonares estão no patamar mais alto e o respirar por conta própria fica mais fácil.»
 

 

Segundo Medarov pode ser possível utilizar técnicas de relaxamento e outros tipos de terapia para alterar o ritmo cíclico da função pulmonar.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.