Publicidade para crianças em causa

DECO alerta para a divulgação de produtos pouco saudáveis

03 fevereiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

A associação de defesa dos consumidores (DECO) acusou na semana passada a SIC e TVI de abusarem do tempo máximo de publicidade por hora durante a programação infantil e considerou que a maioria dos anúncios para crianças publicitam produtos pouco saudáveis.
 

 

A DECO analisou a publicidade dos três canais de televisão nacionais com maior audiência (RTP1, SIC e TVI) entre 20 e 26 de Setembro e publicou as conclusões na edição de Fevereiro da revista Proteste.
 

 

Segundo o estudo, a maioria dos anúncios publicitam aquilo que as crianças menos devem consumir, nomeadamente bolos, bolachas, cereais de pequeno-almoço açucarados e aperitivos salgados.
 

 

Todos estes produtos são ricos em açúcar, gordura e sal, alertou a DECO, considerando que «parte significativa» da publicidade é dedicada a produtos que devem ser consumidos com moderação.
 

 

A RTP1 foi o canal que emitiu menos publicidade e não violou a lei quanto aos anúncios emitidos por hora.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.