Psicopatia e traumatismo cerebral têm semelhanças

Estudo da Universidade de Haifa

31 janeiro 2011
  |  Partilhar:

As pessoas diagnosticadas como psicopatas têm dificuldade em demonstrar empatia, assim como os pacientes que sofreram traumatismo craniano frontal, revela um estudo da Universidade de Haifa, Israel.

 

"Os nossos resultados mostram que as pessoas que têm sintomas psicopatas comportam-se como se estivessem a sofrer uma lesão cerebral frontal," explicou, em comunicado de imprensa, a líder da investigação, Simone Shamay-Tsoory. Psicopatia é um distúrbio de personalidade que encontra a sua maior expressão no comportamento anti-social e na prática de danos intencionais aos outros, incluindo a falta de compaixão e empatia.

 

O estudo avaliou 17 pessoas que tinham sido diagnosticados por psiquiatras como psicopatas - e que não sofriam de qualquer lesão cerebral conhecida; e outros 25 indivíduos que sofriam lesões do lóbulo frontal. Cada um dos participantes foi submetido a um teste computadorizado para analisar a capacidade cognitiva em reconhecer os sentimentos noutras pessoas, a capacidade de demonstrar empatia por outra pessoa e a sua capacidade de compreender os pensamentos dos outros.

 

Os resultados dos testes mostraram que ambos os grupos apresentaram dificuldades semelhantes em mostrar empatia. "Ao observarmos que o comportamento psicótico é semelhante ao de uma pessoa com uma lesão cerebral, pode ser que ambas as patologias possam beneficiar de formas de tratamento semelhantes", considerou a líder da investigação.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.