Psicofisiologia e parapsicologia em debate no Porto

Simpósio promovido pela Bial reúne especialistas mundiais

02 abril 2002
  |  Partilhar:

«Será o Amor bom para a Saúde?» , «Será que a mente sobrevive à morte física?» e «Atracção e acasalamento – entre Biologia e Cultura . Estes são alguns dos temas em debate no 4º congresso «Aquém e Além do Cérebro» que hoje começa no Porto.
 

 

Este ano sob o tema «Relações Interpessoais Excepcionais», o simpósio, promovido pela Fundação Bial, irá prolongar-se até sábado, dia 6, na Casa do Médico, no Porto.
 

 

Entre os muitos investigadores que irão discursar destaca-se a presença de António Coimbra, da Universidade do Porto, investigador na área das Neurociências; Jerome Kagan, da Universidade de Harvard, grande especialista da Neuropsicologia Infantil; Fernando Lopes da Silva, da Universidade de Amesterdão, considerado um dos expoentes mundiais em epilepsia; Stanley Krippner, do Saybrook Graduate School and Research Center de San Francisco, um dos pioneiros da investigação científica em Parapsicologia e Ian Stevenson, da Universidade de Virgínia, que nos últimos quarenta anos estudou mais de 2.600 casos de crianças que referem eventuais vidas passadas.
 

 

Abordar temas e fenómenos concretos no âmbito da Psicofisiologia e da Parapsicologia, segundo métodos científicos, é um dos muitos objectivos promovidos pela Fundação.
 

 

A fundação BIAL foi criada em 1994 pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas e pelos Laboratórios Bial com o objectivo de incentivar o estudo científico do Homem, tanto do ponto de vista físico como espiritual.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.