Psicoestimulantes para Deficit de Atenção associados a maior risco de Morte Súbita

Recomendações da American Heart Association

28 abril 2008
  |  Partilhar:

As crianças com Desordem por Défice de Atenção com Hiperactividade (DDAH) devem ser submetidas a uma avaliação cardíaca, incluindo electrocardiograma, antes de começar o tratamento com psicoestimulantes, segundo recomendações da American Heart Association (AHA) publicadas na revista “Circulation”.
 

 

Estudos mostram que os fármacos para a Hiperactividade podem aumentar a frequência cardíaca e tensão arterial. Estes efeitos são insignificantes na maior parte das crianças com a patologia, mas é necessário tê-los em conta antes de iniciada a terapêutica, adverte a publicação.
 

 

Victoria L. Vetter, professora de Pediatria da University of Pennsylvania, nos EUA, e coordenadora da informação da AHA, referiu que os efeitos adversos mencionados estão associados à morte súbita cardíaca. A mesma responsável recordou que, normalmente, os médicos examinam os pacientes, analisando o histórico familiar de doenças antes de prescrever um novo tratamento. No entanto, algumas lesões cardíacas associadas ao risco de morte súbita não se detectam nos exames de rotina ditos normais.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.