Provado efeito afrodisíaco de tubérculo dos Andes
15 agosto 2001
  |  Partilhar:

Cientistas peruanos conseguiram provar que o afrodisíaco e regenerador sexual no homem, um tubérculo andino vulgarmente designado por Maca, tem efeitos positivos.
 

 

Um dos responsáveis das investigações, Gustavo Gonzales, referiu que comprovou um aumento nítido da produção de espermatozóides e das potencialidades viris entre sujeitos de 20 a 40 anos, submetidos a um tratamento de duas semanas consistindo num consumo diário de Maca, sob o controlo de duas universidades de Lima.
 

 

A Maca é um tubérculo de um a três centímetros de comprimento, tradicional dos Andes, que cresce a uma altitude média de 3.500 metros.
 

 

No imaginário popular peruano, era considerada o "viagra" dos incas, que faziam do tubérculo um consumo regular, bem como de folhas de coca, matéria prima da cocaína.
 

 

Segundo os exames realizados, a absorção regular de Maca estimula a secreção, entre os homens, das hormonas LH e FSH, cuja função ajuda à produção de espermatozóides e a revigorar a impulsão sexual.
 

 

Fonte: Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar