Proteínas do sangue indicam gravidez ectópica

Estudo publicado no “Journal of Proteonne Research”

24 março 2011
  |  Partilhar:

Certas proteínas do sangue podem servir de alerta para uma gravidez ectópica, refere um estudo do “Journal of Proteonne Research”, o qual poderá dar origem ao início de testes clínicos.

 

Em comunicado de imprensa, o líder da investigação, David Speicher, do Wistar Institute, nos EUA, explica que a gravidez ectópica acontece quando o embrião não se fixa no interior do útero, desenvolvendo-se noutro lugar. A maioria ocorre nas trompas de Falópio, que ligam os ovários ao útero.

 

Se não for diagnosticada, a gravidez ectópica pode romper as trompas e causar hemorragias, que são a segunda maior causa de morte da mãe no primeiro trimestre da gravidez. A gravidez ectópica é difícil de diagnosticar e há muito que os cientistas procuram substâncias presentes no sangue das mulheres grávidas que possam servir de aviso.

 

Neste estudo, os cientistas descrevem a presença de 70 proteínas em níveis fora do normal. Uma delas, a Adam12, pode servir para diagnosticar precocemente a gravidez ectópica, já que ocorre em níveis 20 vezes mais baixos que numa gravidez normal.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.