Proteína poderá ajudar no diagnóstico precoce do Glaucoma

...e abrir a porta a novas terapias

02 março 2001
  |  Partilhar:

Investigadores anunciaram ontem que encontraram uma proteína que poderá indicar estádios precoces do glaucoma, a causa mais frequente de cegueira irreversível em todo o mundo.
 

 

Esta molécula, conhecida pela siglas ELAM-1 poderá ajudar os médicos a diagnosticar esta doença que afecta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.
 

 

O glaucoma está associado a um aumento da pressão intra-ocular (dentro do próprio olho) que irá danificar o nervo óptico e, caso não seja instituída uma terapêutica adequada, poderá levar à cegueira. Os sintomas iniciais são muito inespecíficos, e requerem que o médico meça a pressão intra-ocular para descartar a possibilidade de um Glaucoma.
 

 

Uma das causas de glaucoma é a alteração progressiva do retículo trabecular que é responsável pela “drenagem” do humor aquoso evitando o aumento da pressão intra-ocular.
 

 

Na edição deste mês da revista “Natural Medicine”, uma equipa de investigadores liderada pelo Dr. Joel S. Schuman publica um estudo em que examinou o retículo trabecular de olhos saudáveis e de pessoas com glaucoma. A proteína ELAM-1 estava presente em todos os olhos doentes e em nenhum dos olhos saudáveis.
 

 

O que esta diferença significa na evolução do glaucoma é menos claro. A proteína poderá ser a resposta ao “stress” que as células sofrem devido ao aumento de pressão, preservando a vida destas e ajudando a rede a drenar melhor ou, pelo contrário, o excesso desta molécula, poderá ser responsável pela própria evolução do glaucoma.
 

 

Esta investigação poderá abrir a porta ao desenvolvimento de métodos de diagnóstico para a detecção precoce do glaucoma e indicar novos “alvos” para o tratamento, farmacológico ou genético, desta doença.
 

 

 

Fonte: Reuters Health
 

 

Adaptado por:
 

David Ferreira
 

MNI – Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.