Promiscuidade nos batráquios

Ovos de rãs são fertlizados por vários machos

22 setembro 2004
  |  Partilhar:

As rãs machos não hesitam em se abeirar de ovos depostos por uma fêmea e já fertilizados por outro macho para lançar sobre eles o seu próprio esperma, indica um estudo publicado recentemente pela revista Nature.O modo de reprodução da rã russa (Rana temporaria) é bastante clássico entre os anfíbios: o macho agarra-se às costas da fêmea e, à medida que ela depõe os ovos na água, protegidos por uma capa gelatinosa, fertiliza-os com o seu esperma. Porém, segundo constatou uma equipa hispano-alemã de investigadores, logo que esta operação termina surgem outros machos que se precipitam sobre aqueles ovos e os voltam a fertilizar. Alguns destes machos chegam a seguir o par até ao local do acasalamento para agirem logo a seguir.Durante o estudo, efectuado durante três anos nos Pirinéus, a cerca de dois mil metros de altitude, os cientistas observaram que cerca de 84 por cento dos ovos depostos são fertilizados desta forma. Em média, uma fêmea de Rana depõe cerca de 400 ovos.Os cientistas examinaram em especial 16 cachos de ovos depois de terem recolhido amostras de tecidos de todos os machos que tentaram fertilizar os ovos durante a hora seguinte à ovulação. Em sete dos casos descobriram que a fertilização foi feita com esperma «pirata». Após a análise de 319 embriões, encontraram 77, ou seja 24 por cento, de origem «pirata».Os investigadores atribuem em grande parte este comportamento ao número claramente mais elevado de machos, que deixaria muitos deles insatisfeitos. Mas também um macho que esteve acasalado com uma fêmea foi visto menos de três horas depois a fertilizar outros ovos.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.