Projecto «Sidhartha» a favor das crianças tibetanas

Apresentado hoje no Porto no âmbito da I Semana Cultural do Tibete

27 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

O projecto «Sidhartha», que tem como objectivo apadrinhar crianças-monges que vivem em mosteiros com poucos recursos económicos, é apresentado hoje, no Porto, no âmbito da I Semana Cultural do Tibete.
 

 

«Embora simples, a vida das crianças tem um custo mínimo que é por vezes difícil de sustentar pelos mosteiros, sobretudo porque há cada vez mais crianças que precisam de ajuda», refere a organização da iniciativa, a cargo do Centro de Estudos Tibetanos da Universidade Lusíada do Porto.
 

 

Em declarações à Lusa, Joana Sarmento, da comissão organizadora da I Semana Cultural do Tibete, afirmou que o projecto «Sidhartha» destina-se a «pessoas comuns» que possam apadrinhar crianças órfãs tibetanas, proporcionando-lhes, nomeadamente, a sua vinda a Portugal, durante um período de tempo.
 

 

A semana, que termina sexta-feira, integra, além da apresentação do projecto «Sidhartha», uma exposição de fotografias e o lançamento do livro «Momentos de um Quotidiano», do arquitecto Francisco Isoo Noronha.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.