Projecto “Todo Salud” combate falta de especialistas em zonas fronteiriças

Dermatologia, oftalmologia, ortopedia e psicogeriatria são algumas das áreas

31 maio 2006
  |  Partilhar:

 

A zona fronteiriça de Bragança vai ser abrangida pelo projecto denominado "Todo Salud" que prevê o intercâmbio de meios humanos e técnicos entre o Centro Hospitalar do Nordeste Transmontano (CHNT) e o Complexo Assistencial de Zamora, a região vizinha de Espanha.
 

 

Financiado pelo Interreg, o programa comunitário de apoio ao desenvolvimento das regiões fronteiriças prevê a deslocação de especialistas entre as unidades das duas regiões fronteiriças, além da dermatologia e da oftalmologia, nas áreas da ortopedia e psicogeriatria.
 

 

A utilização conjunta de equipamentos faz parte também do acordo de cooperação, nomeadamente através do recurso às novas tecnologias como a telemedicina, que permitem a realização de exames e diagnósticos à distância. O programa comunitário já garantiu seis milhões de euros de investimento nas unidades hospitalares dos dois lados da fronteira, no total dos três projectos em curso.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.