Proibida substância que previne bolores no calçado

Decisão aprovada em Conselho de Ministros

25 junho 2009
  |  Partilhar:

O Governo aprovou, na semana passada, a proibição de utilização de uma substância habitualmente colocada em caixas de calçado e no interior do mobiliário para prevenir o desenvolvimento de bolores, mas que tem efeitos nocivos para a saúde dos consumidores.

 

A proibição da substância em causa – o biocida fumarato de dimetilo (DMF) – agora aprovada pelo Governo visa dar cumprimento a uma decisão da Comissão Europeia de Março deste ano.

 

"O DMF é uma substância química, um biocida, utilizado para prevenir o desenvolvimento de bolores, mas afecta a saúde dos consumidores que estão em contacto com esses produtos, provocando dermatites por contacto, dolorosas, particularmente difíceis de tratar, incluindo prurido, irritação, vermelhidão e queimaduras", pode ler-se no comunicado final da reunião do Governo, citado pela agência Lusa.

 

O documento refere ainda que cabe aos agentes económicos a "obrigação de retirarem do mercado e de recolherem junto dos consumidores os produtos que contenham" a substância.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.