Programa "Bactérias na Praia" teve adesão do público
15 agosto 2001
  |  Partilhar:

O balanço do projecto "Bactérias na Praia", uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia a decorrer desde 01 de Agosto nas praias da Foz do Douro, superou as expectativas em termos de "participação" e "habituação" do público.  

 

Segundo o professor Bordalo e Sá, responsável pelo projecto, "trazer o público para a investigação" foi um dos objectivos concretizados, na medida em que até segunda-feira 700 pessoas cumpriram o programa completo.  

 

As actividades decorrem nas praias das Pastoras e do Ourigo, na Foz do Douro e no interior do laboratório de campo, ali montado e o programa consiste na apresentação de um vídeo alusivo às técnicas de avaliação da qualidade bacteriológica da água, análise ao microscópio de diferentes tipos de bactérias e contacto com os instrumentos de investigação.  

 

O facto do resultado das análises realizadas ser afixado foi também considerado "muito importante" porque "as pessoas habituaram-se a conferir diariamente - nos placares colocados no exterior do laboratório - a qualidade da água das praias da zona.  

 

Os dados já disponibilizados relativos aos escalões etários permitem concluir que a maioria dos participantes são crianças e jovens, entre os 07 e 16 anos, verificando-se depois um aumento de frequência a partir dos 45 anos.  

 

MNI - Médicos Na Internet  

Fonte: Lusa  

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.