Programa Alimentar Mundial sob investigação

Alimentos fornecidos provocam desnutrição, diz ONU

26 setembro 2004
  |  Partilhar:

O relator especial da ONU para o direito à alimentação, Jean Ziegler, admitiu esta quarta-feira que a ajuda contra a fome proporcionada pelo organismo internacional através do Programa Alimentar Mundial (PAM) «acaba por criar desnutrição» dado que os produtos provém de excedentes agrícolas que não são controlados para assegurar que tenham a devida quantidade de nutrientes. Ziegler não quis estender-se nas suas explicações, por considerar que «é muito difícil falar» do programa, mas comentou que «em todos os países desenvolvidos há legislações elaboradas sobre a composição dos alimentos» e que se «realizam inspecções». Algo que não se passa «nos 122 países do Terceiro Mundo, onde vivem 4.800 milhões de pessoas». Apenas durante 2003, o PAM alimentou 91 milhões de pessoas, por exemplo, «uma quarta parte da população da Coreia do Norte, que não viveria mais de três dias» sem esta ajuda. Contudo, confessou que «a ONU acaba por criar desnutrição» porque «70% da ajuda alimentar provém de excedentes agrícolas que não estão submetidos a controles, e as pessoas acabam por morrer». Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.